Espargos

2,50

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

O espargo hortícola, Asparagus officinalis, pertence à controversa família das Asparagaceas, também incluída, por alguns autores, na família Liliáceae e que inclui, além desta, algumas outras espécies de interesse alimentar e, principalmente, ornamental, sendo diversas exploradas para a produção de “verdes” para a composição de arranjos florais e ornamento de jardins.
A forma hortícola do espargo teve origem nas regiões mediterrâneas da Europa e parte da Ásia, onde é cultivado desde há mais de 2000 anos. As variedades agora existentes provêm de seleções levadas a cabo na Holanda no século XVIII e em França, em Argenteuil.
O espargo é uma espécie vivaz, sobrevive vários anos rebentando de novo todos eles a partir do caule subterrâneo, rizoma, que se sustenta de raízes carnudas com função de reserva, divergentes em forma de estrela, a que se chama garra. Gera caules aéreos, anuais, herbáceos, de eixo aprumado que podem atingir mais de 1,5 metros de altura, ramificados e de folhagem fin